27 de set de 2010

7,1% no mês de agosto

Consumo de energia no Brasil cresce em agosto

Indústria brasileira puxou para cima o uso de energia no país, diz levantamento.

O consumo de energia elétrica no Brasil avançou 7,1% no mês de agosto em relação ao mesmo período do ano passado, segundo informações divulgadas nesta segunda-feira (27) pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética).

Na comparação com o registrado em julho de 2010 o crescimento foi de 1,8%. No acumulado do ano, diz a EPE, o consumo cresceu 9,2% em comparação ao período entre janeiro e agosto do ano passado; no acumulado de 12 meses também houve expansão. A empresa - vinculada ao Ministério de Minas e Energia - informou que o resultado de agosto foi mais uma vez puxado pelo consumo industrial.

O consumo residencial de energia, por sua vez, cresceu 4,5% contra agosto de 2009. No ano, a alta é de 7,1% - pouco abaixo do verificado nos últimos 12 meses.

- O crescimento teria sido maior não fosse a baixa taxa de 3,5 por cento verificada no Sudeste, reflexo do tímido incremento no Rio de Janeiro e do desempenho negativo no Espírito Santo.

De acordo com a empresa, no caso do Rio houve influência de temperatura mais baixa e quase um dia a menos no faturamento da baixa tensão, ambos os dados em relação a agosto de 2009. Já no Espírito Santo houve mudanças na leitura do consumo.

O consumo comercial de energia cresceu 6,1% em agosto; no acumulado de 2010 o crescimento foi de 7,1%, pouco mais que nos últimos 12 meses.

A região brasileira que apresentou o maior crescimento no consumo de energia em agosto na comparação anual foi o Sudeste, com avanço de 8,5% ante o mesmo período do ano passado, seguido pelo Sul, com ganho de 6,1%. A menor taxa de crescimento, por outro lado, ficou por conta do Centro-Oeste, com 3,7%.

27/09/2010 | 11h54

Copyright Thomson Reuters 2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário