2 de ago de 2010

O primeiro semestre de 2010 marcou o lançamento de 133.546 embalagens no mundo todo.

Avon, Jequiti e Hypermarcas puxam lançamentos de produtos no Brasil

País está em sexto lugar no ranking dos que mais lançaram embalagens no primeiro semestre de 2010

Cosméticos e produtos para o cuidado com o corpo dominam o ranking das 10 categorias que mais lançam embalagens no mundo. Por aqui, marcas como Avon, Jequiti, Hypermarcas, Natura e O Boticário são as que mais colocam novos produtos e embalagens no mercado. Se em 2005, na lista das 10 mais, apenas três categorias eram de cosméticos, hoje, este número subiu para sete, reafirmando a predominância das mulheres no mercado de consumo.

O primeiro semestre de 2010 marcou o lançamento de 133.546 embalagens no mundo todo. O número representa um crescimento de 7,32% em relação ao mesmo período de 2009. Após ter saído do oitavo lugar em 2005 e chegado à quarta posição em 2009, hoje, o Brasil é o sexto na lista. No início do ano passado, o mercado nacional chegou a ocupar a segunda posição, respondendo por 10% dos lançamentos mundiais.

Durante todo o semestre, o país manteve o desempenho. Passada a crise, porém, agora, Estados Unidos, Japão e Reino Unido voltam a suas posições originais, ocupando os três primeiros lugares no ranking, respectivamente, enquanto o Brasil registra queda de 20% na produção, comparado a 2009. É o que indica o Relatório elaborado no Núcleo de Estudos de Embalagem ESPM, com dados da GNPD Global News Products Database da MINTEL, e obtido com exclusividade pelo Mundo do Marketing.

Índia é novidade no ranking

O decréscimo do Brasil na lista pode ser explicado pelo efeito tardio da crise no país. “A queda ocorreu porque o Brasil demorou a desacelerar na crise, que se iniciou em outubro de 2008. O ‘susto’ está repercutindo agora, pois os lançamentos levam um tempo para acontecer. No primeiro momento, o que já estava programado não foi cancelado, mas depois o ritmo diminuiu”, explica Fábio Mestriner, Coordenador Acadêmico do Núcleo de Estudos da Embalagem ESPM, em entrevista ao Mundo do Marketing.

Aparecem ainda no ranking Alemanha (4°), França (5°), México (7°), Austrália (8°) e China (9°). A Índia fecha a lista, em 10º lugar, com destaque. Até 2009, ocasião em que chegou a ocupar a oitava colocação, o país nunca havia figurado entre os 10 principais. “A Índia não tinha indústria, tudo era vendido a granel, em feiras. Com a chegada do Walmart, surgiram outras redes de supermercados. Agora, eles estão lançando embalagens para colocar produtos nestes novos estabelecimentos”, aponta Mestriner.

O ritmo de lançamentos mundiais entre janeiro e junho deste ano foi equivalente à entrada de 22.258 novas embalagens no mercado por mês, 738 por dia e 31 por hora. Maquiagem para os lábios garante a primeira posição, enquanto cuidado facial/pescoço fica em terceiro lugar. Produtos para o corpo vêm em seguida e esmalte para unhas desponta como o quinto mais vendido. Há também produtos para banho, em sétimo lugar, maquiagem para os olhos, em oitavo, e shampoos, em 10°. Completam o ranking as embalagens para alimentos. Biscoitos doces ficam com a vice-liderança, snacks/lanches salgados ocupam o sexto lugar e bolos e pastelaria, o nono.

Sustentabilidade, praticidade e marcas próprias em destaque

Nos últimos cinco anos, observou-se que as refeições foram substituídas por snacks. Em 2005, as categorias de refeições prontas, bolos e massas, vitaminas e carnes faziam parte do ranking, mas saíram do quadro das principais, depois de terem sido ultrapassadas pelos produtos para olhos, unhas, banho e shampoos. Já as quatro primeiras categorias mantiveram suas posições nos últimos anos, podendo ser consideradas como as principais nos lançamentos mundiais de embalagem.

Em relação às empresas, a Weckerle, fabricante de marcas como Avon, Hypermarcas e Jequiti, foi a que mais lançou embalagens no primeiro semestre. Em seguida estão Nestlé, Walmart, Avon, Natura, O Boticário, Age do Brasil Ind. e Com. (para empresas como Hypermarcas e Jequiti), Carrefour, Unilever e Akakia Cosméticos.

O desempenho do mercado também reafirma a preocupação do consumidor com hábitos de vida saudáveis e sustentabilidade. Embalagens que diminuem o impacto ao meio ambiente entraram pela primeira vez no Top 10. Outra característica do observada nos lançamentos é a necessidade crescente de produtos fáceis e rápidos de preparar.

As marcas próprias também tiveram um crescimento consistente nos últimos cinco anos. Em 2005, a categoria correspondia a 13% dos lançamentos, ante 18,5% de participação em 2010. Grandes redes mundiais investiram em lançamentos em suas linhas, como Carrefour, Tesco, Great Value, Perfection e Essence.

Por Sylvia de Sá | 02/08/2010





Nenhum comentário:

Postar um comentário