27 de jul de 2010

O governo pode pagar uma taxa que será 150 pontos base, ou 1,5 ponto percentual, acima do rendimento dos títulos de mesma duração do governo americano.

Tesouro vai captar US$ 750 mi em títulos para 2021

O governo federal planeja captar ainda hoje US$ 750 milhões com uma emissão de títulos denominados em dólares com vencimento em janeiro de 2021.

O valor da segunda oferta internacional do país neste ano foi elevado em 50%.

O governo pode pagar uma taxa que será 150 pontos base, ou 1,5 ponto percentual, acima do rendimento dos títulos de mesma duração do governo americano, segundo uma pessoa familiarizada com a venda que pediu para não ser identificada porque os termos ainda não foram fechados.

A oferta é dos mesmos papéis de 4,875% vendidos em abril, segundo comunicado do Tesouro Nacional distribuído por e-mail. O Brasil planeja fazer a captação nos mercados americano, europeu e asiático. Deutsche Bank e Bank of America vão coordenar a operação, segundo a pessoa ouvida pela Bloomberg.

O Brasil está buscando os mercados internacionais depois que o aumento da demanda por ativos de países em desenvolvimento levou o rendimento dos títulos do governo com vencimento em 2021 para o nível mais baixo desde que foram lançados.

O rendimento dos papéis caiu para 4,40% às 10h57, abaixo dos 5% do dia 15 de abril, segundo o JPMorgan Chase & Co.

André Soliani e Verónica Navarro Espinosa/Bloomberg News | 27/07/10 | 18h14

Nenhum comentário:

Postar um comentário