27 de jul de 2010

Agora, os gols estão sendo fora do gramado.

Os detalhes da empresa de Ronaldo e do WPP

Negociações conduzidas por Sérgio Amado estão a passos largos e deverão ser concluídas em até dois meses; Ronaldo será executivo quando abandonar os gramados

O jogador Ronaldo deverá em breve se tornar parceiro do grupo WPP. Isto porque estão em fase avançada as negociações para a criação de uma empresa focada em eventos de esportes e entretenimento, que pretende aproveitar a explosão do segmento nos próximos anos, graças à realização da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos no Brasil.

Não há, até o momento, nenhum contrato assinado, mas já existem alguns detalhes sobre a empresa. O nome ainda não está definido, mas uma das possibilidades é que ela se chame 9Nine, uma referência ao número usado pelo jogador em sua carreira. Ela terá sede em São Paulo e atuação focada no Brasil, pelo menos em um primeiro momento. A ideia é atender tanto aos clientes do grupo WPP por aqui, quanto outras empresas interessadas em alinhamento com o esporte. É possível uma expansão para outros países em um momento posterior.

Ronaldo, à princípio, terá um cargo executivo simbólico, pois permanecerá como atleta do Corinthians até o final de 2010 ou de 2011. Ele entraria no negócio como executivo em 2011 ou 2012.

A concepção da ideia é de Sérgio Amado, presidente do grupo Ogilvy no Brasil. Ele optou por conversar com Ronaldo, que gostou da ideia, por algumas características que podem ser determinantes para o sucesso do novo negócio. "Queria uma referência importante, uma marca que fosse mundial e capaz de abrir portas", revelou.

O jogador foi apresentado a Martin Sorrell, presidente do WPP, em maio, no Copacabana Palace, durante um evento sobre as oportunidades do esporte no Brasil. Mas as conversas para a criação da empresa, que seguem sob a condução de Amado, ocorrem desde o ano passado.

Felipe Turlão | 26/07/2010 | 13:10
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário