4 de set de 2011

As leis da simplicidade

the image

O John Maeda é professor do laboratório de mídia no MIT (Massachusetts Instutute of Technology) e designer gráfico, ele explora a questão que a simplicidade no livro com a equação: Simplicidade = Sanidade, e como tentar resolver alguns paradoxos da simplicidade: ter algo simples fácil de usar e que também faça todas as coisas complexas que gostaríamos que fizesse. Nesse livro ele trás as 10 leis da simplicidade, que tem como objetivo balancear a simplicidade e a complexidade dos projetos e negócios são elas:

1º Reduzir – A maneira mais simples de alcançar a simplicidade é por meio de uma redução conscienciosa.
2º Organizar – A organização faz com que um sistema de muitos pareça de poucos.
3º Tempo – Economia de tempo transmite simplicidade.
4º Aprender – O conhecimento torna tudo mais simples.
5º Diferenças – Simplicidade e complexidade necessitam uma da outra.
6º Contexto – O que reside na periferia da simplicidade é definitivamente não periférico.
7º Emoção – Mais emoções é melhor que menos.
8º Confiança – Na simplicidade nós confiamos.
9º Fracasso – Algumas coisas nunca podem ser simples.
10º A única – A simplicidade consiste em subtrair o óbvio e acrescentar o significativo.

Três soluções:

1 Distanciamento – Mais parece menos simplesmente afastando-se para bem longe.
2 Abertura – Abertura significa simplicidade.
3 Energia – Use menos, ganhe mais.

Site do livro: http://lawsofsimplicity.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário