24 de ago de 2010

O comportamento do cibercrime entre janeiro e agosto de 2010

Kaspersky lista estados brasileiros que mais recebem ameaças de segurança

São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal lideram o ranking produzido pela companhia de software de segurança

O Brasil produz grandes quantidades de ameaças cibernéticas. O País encontra-se entre os três maiores fabricantes (em quantidade) de malwares. A Kaspersky estima que 95% dos vírus produzidos localmente miram roubo de dados financeiros. A fabricante mediu o comportamento do cibercrime entre janeiro e agosto de 2010, definindo o porcentual de usuários brasileiros infectados por Estado. Confira as 10 unidades federativas que encabeçam a lista:

1) São Paulo - 22,55%

2) Rio de Janeiro - 18,55%

3) Distrito Federal - 9,98%

4) Minas Gerais - 9,65%

5) Bahia - 8,85%

6) Rio Grande do Sul - 4,67%

7) Pernambuco - 4,47%

8) Paraná - 4,30%

9) Santa Catarina - 2,53%

10) Mato Grosso - 2,35%

Nenhum comentário:

Postar um comentário