17 de ago de 2010

111,4 milhões de celulares

Vendas mundiais de celular crescem 13,8%

No segundo trimestre deste ano, foram vendidos 325,6 milhões de aparelhos, dos quais 19% são smartphones

As vendas de terminais continuam em expansão no mundo: 325,6 milhões de aparelhos vendidos em três meses, num acréscimo de 13,8% em relação ao mesmo período do ano passado (286,1 milhões). Os smartphones também seguem em crescimento acelerado. Do total de handsets vendidos, 19% foram de telefones inteligentes, o que significa um crescimento de 50% desse segmento em relação ao mesmo período de 2009.

O ranking dos dez maiores fabricantes de aparelhos mudou de configuração: a Nokia continua como líder de vendas - foram 111,4 milhões de celulares, com 34,2% de market share (36,8% em 2009). Mas perderam participação a LG, que ficou com 9% de market share (10,7% no ano passado), a Sony Ericsson, com 3,4% de participação (4,7% em 2009), e a Motorola, com 2,8% (5,6% em 2009). Em contraste, cresceram a RIM/BlackBerry, com 3,4% de mercado (2,7% em 2009), a Apple/iPhone, com 2,7% (1,9% no ano passado), a HTC, que dobrou de participação, para 1,8% (0,9% no ano passado), a ZTE, que passou de 1,3% para 1,7% e o aparecimento da chinesa G´Five, que conquistou 1,6% do mercado mundial.

A Apple vendeu 8,7 milhões de aparelhos, o que corresponde a um market share de 14,2% no segmento dos smartphones. A marca está na sétima posição mundial na venda de celulares e é a terceira empresa na venda global de smartphones. Quanto aos sistemas operacionais dos telefones inteligentes, o Android ultrapassou o iOS, do iPhone. A venda total de smartphones chegou a 61,6 milhões de unidades e os sistemas operacionais mais usados são o Symbian (Nokia e Samsung), com 41% de market share, o RIM (BlackBerry), com 18,2%, o Android, com 17,2% e o iOs (iPhone), com 14,2%.

Sérgio Damasceno | 16/08/2010 | 14h28

Nenhum comentário:

Postar um comentário