26 de jul de 2010

Em Julho, as receitas deixadas no Brasil por estrangeiros chegam a US$ 320 milhões.

Gastos de brasileiros no exterior no primeiro semestre são recorde para o período



Brasília - Os gastos de brasileiros em viagem ao exterior somaram US$ 7,050 bilhões no primeiro semestre deste ano, o maior valor para o período desde o início da série histórica do Banco Central (BC), em 1947. As despesas registradas em junho, de US$ 1,325 bilhão, também são recorde para o período.

No primeiro semestre de 2009, os brasileiros gastaram US$ 4,454 bilhões no exterior e em junho, US$ 987 milhões.

Nos dados preliminares deste mês, até hoje (26), os gastos dos brasileiros - US$ 1,135 bilhão - já superaram as despesas registradas em todos os dias de julho do ano passado (US$ 1,045 bilhão).

O chefe do Departamento Econômico do BC, Altamir Lopes, lembrou que em 2009 a crise financeira internacional afetou a renda, o que reduziu as viagens ao exterior. Ele destacou que, neste ano, “emprego e renda são variáveis chave para viagens internacionais”. “Há uma maior difusão da cultura da viagem ao exterior. Temos segmentos da população que antes não viajavam ao exterior”, acrescentou Lopes.

Segundo os dados do BC, os estrangeiros também estão gastando mais no Brasil, apesar de o ritmo de crescimento ser menor do que as despesas de brasileiros no exterior. De janeiro a junho deste ano, as receitas deixadas por estrangeiros no país ficaram em US$ 2,940 bilhões, contra os US$ 2,567 bilhões registrados no mesmo período de 2009. Em junho, essas receitas ficaram em US$ 416 milhões, contra os US$ 403 milhões observados em igual mês de 2009.

Neste mês, até hoje (26), as receitas deixadas no Brasil por estrangeiros chegam a US$ 320 milhões. Em todo o mês de julho de 2009, essas receitas ficaram em US$ 445 milhões.

Kelly Oliveira | 26/07/2010 | 12:35

Nenhum comentário:

Postar um comentário